quinta-feira, 27 de setembro de 2012

DIA NACIONAL DO DOADOR DE ÓRGÃOS E TECIDOS

 
POR QUE DOAR?

A carência de doadores de órgãos é ainda um grande obstáculo para a efetivação de transplantes no Brasil. Mesmo nos casos em que o órgão pode ser obtido de um doador vivo, a quantidade de transplantes é pequena diante da demanda de pacientes que esperam pela cirurgia. A falta de informação e o preconceito também acabam limitando o número de doações obtidas de pacientes com morte cerebral. Com a conscientização efetiva da população, o número de doações pode aumentar de forma significativa. Para muitos pacientes, o transplante de órgãos é a única forma de salvar suas vidas.

DÚVIDAS MAIS FREQUENTES

1) Quem é o potencial doador não vivo?

São pacientes em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com morte encefálica, geralmente vítimas de traumatismo craniano ou AVC (derrame cerebral). A retirada dos órgãos é realizada em centro cirúrgico, como qualquer outra cirurgia. Após uma série de exames que excluam doenças transmissíveis, a família será consultada sobre seu desejo pela doação de órgãos. Somente com a autorização dos familiares o paciente será um doador de órgãos.

2) Como é feito o diagnóstico de morte encefálica?

O diagnóstico de morte encefálica passa por algumas etapas: o primeiro passo é o diagnóstico clínico, que deve ser repetido após seis horas de observação, sendo pelo menos uma destas avaliações realizada por médico neurologista. Em seguida, deve ser documentado através de um exame complementar: eletroencefalograma, angiografia cerebral, entre outros. Cabe ressaltar que nenhum dos médicos responsáveis pelo diagnóstico de morte encefálica pode fazer parte de equipe que realiza transplante.

3) O que é morte encefálica?

O encéfalo é a parte do corpo geralmente confundida com o cérebro. Na verdade, é quase a mesma coisa, mas além do cérebro, o encéfalo inclui o tronco cerebral. O encéfalo controla todas as funções essenciais do organismo do homem: a respiração, a temperatura do corpo, o funcionamento dos pulmões etc. Apenas o coração pode continuar funcionando sem o comando do encéfalo, por causa do seu marcapasso.
Se o encéfalo morre, depois de certos acidentes ou derrame cerebral, os demais órgãos do corpo param de funcionar. Se o marcapasso do coração ainda estiver vivo para fazê-lo bombear o sangue, os outros órgãos podem continuar funcionando por mais algum tempo com ajuda de aparelhos. Nas poucas horas em que os órgãos ainda funcionam por causa dos aparelhos é que é possível aproveitá-los para transplante.

4) Qual é a diferença entre morte encefálica e coma?

Ao contrário do que muita gente pensa, morte encefálica e coma não são a mesma coisa. No estado de coma, o encéfalo ainda está vivo e executando suas funções rotineiras, ainda que com dificuldade. Com a morte encefálica, essas funções não podem mais ser executadas.

fonte: doadoresdeorgaos.blogspot.com.br/

Doação em vida

No caso do rim, medula óssea, pâncreas, fígado e pulmão, existe a possibilidade de que se realize o transplante com doador vivo. A legislação brasileira permite a doação de órgãos entre parentes até quarto grau. Além desse grau de parentesco é necessário uma autorização judicial. Já a legislação portuguesa permite que qualquer pessoa, como cônjuges ou amigos, seja dador de órgãos em vida, independentemente de haver relação de consanguinidade e barriga.

http://jangadeiroonline.com.br/uploads/2009/09/20090917_doa____o_de___rg__os.jpg

Doar órgãos é 
um ato de amor e solidariedade!

VALEU!!
BIObjs - PROFE LÚ

terça-feira, 25 de setembro de 2012

BIOinformação......

ISSO REALMENTE É ALARMANTE...


Vamos consumir mais alimentos orgânico...
vamos fazer a nossa hortinha caseira...
Vamos diminuir o consumo de agrotóxicos...
Vamos levar uma vida mais natural!!!!
Vamos ser mais humanos e mais felizes!!!

VALEU!!
BIObjs - PROFE LÚ

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

BIOreflexão no dia da árvore


PRECISAMOS MUDAR AS NOSSAS ATITUDES!!
VAMOS FAZER A NOSSA PARTE!!!
VALEU!!
BIObjs - PROFE LÚ

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Cadeia e Teia alimentar

.... especialmente para os 1º anos!!

CADEIA ALIMENTAR é uma sequência de seres vivos, uns servindo de alimento a outros, sucessivamente.
Resumindo é uma sequência de transferência de matéria e energia de um organismo para outro sob forma de alimento.

Fazem parte de uma cadeia alimentar:
Produtores
Consumidores
Decompositores
 

TEIA ALIMENTAR -  é um conjunto de cadeias alimentares (inter)ligadas entre si representadas por um diagrama baseadas em diversos organismos ou espécies de um ecossistema. Nas teias alimentares, cada espécie se alimenta dentro dos níveis diferentes, produzindo sua própria teia de interações alimentares. 


GOSTARAM DA REVISÃO!?
VALEU!!
BIObjs - PROFE LÚ

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

CÉLULA - organelas

REVISANDO O QUE VIMOS EM AULA - TURMAS 201 &202

Células Eucariontes

         Estas células possuem um núcleo delimitado por um sistema de membranas (a membrana nuclear ou carioteca), nitidamente separado do citoplasma. Têm um rico sistema de membranas que formam numerosos compartimentos, separando entre si os diversos processos metabólicos que ocorrem na célula. Como modelo de células eucariontes, veremos uma célula animal e uma célula vegetal.





Principais diferenças entre célula animal e vegetal
Celulas


Células Procariontes

As células procariontes ou procarióticas, também chamadas de protocélulas, são muito diferentes das eucariontes. A sua principal característica é a ausência de carioteca individualizando o núcleo celular, pela ausência de alguns organelas e pelo pequeno tamanho que se acredita que se deve ao fato de não possuírem compartimentos membranosos originados por evaginação ou invaginação. Também possuem DNA na forma de um anel não-associado a proteínas (como acontece nas células eucarióticas, nas quais o DNA se dispõe em filamentos espiralados e associados à histonas).

Estas células são desprovidas de mitocôndrias, plastídeos, complexo de Golgi, retículo endoplasmático e sobretudo cariomembrana o que faz com que o DNA fique disperso no citoplasma.

A este grupo pertencem seres unicelulares ou coloniais:

Bactérias
Cianofitas (algas cianofíceas, algas azuis ou ainda Cyanobacteria)
BACTÉRIA


VALEU GALERINHA!!
BIObjs - PROFE LÚ

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

BIOdica: - COLETA SELETIVA -

GALERA!!!!
VAMOS FAZER A NOSSA PARTE!!
- REDUZIR - RECICLAR - REUTILIZAR - 



FICA A DICA!!!
VALEU!!
BIObjs - PROFE LÚ

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

DIA DO BIÓLOGO


               Biólogo é o pesquisador envolvido com a Biologia e suas áreas. Desenvolve seus estudos por meio do Método Científico. Trabalha em laboratórios de pesquisa, laboratórios de rotina como os de biologia clínica, campos abertos como savanas, florestas e todo lugar onde há vida para ser estudada.

                  O exercício da profissão exige dupla habilitação: a técnico-científica e a legal. A habilitação técnico-científica é expressa através da comprovação da capacidade intelectual do indivíduo, pela posse do diploma fornecido pela autoridade educacional e pelo currículo efetivamente realizado. A habilitação legal cumpre-se com o registro profissional no órgão competente para a fiscalização de seu exercício; no caso dos biólogos, o Conselho Regional de Biologia de sua jurisdição

Fonte: www.wikipedia.org




BIÓLOGO NÃO....

Biólogo não come, degusta.


Biólogo não cheira, olfata.
Biólogo não toca, tateia.
Biólogo não respira, quebra carboidratos.
Biólogo não tem depressão, tem disfunção no hipotálamo.
Biólogo não admira a natureza, analisa o ecossistema.
Biólogo não elogia, descreve processos.
Biólogo não tem reflexos, tem mensagem neuro-transmitida involuntária.
Biólogo não facilita discussões, catalisa substratos.
Biólogo não transa, copula.
Biólogo não admite algo sem resposta, diz que é hereditário.
Biólogo não fala, coordena vibrações nas cordas vocais.
Biólogo não pensa, faz sinapses.
Biólogo não toma susto, recebe resposta galvânica incoerente.
Biólogo não chora, produz secreções lacrimais.
Biólogo não espera retorno de chamadas, espera feed backs.
Biólogo não se apaixona, sofre reações químicas.
Biólogo não perde energia, gasta ATP.
Biólogo não divide, faz meioses.
Biólogo não faz mudanças, processa evoluções.
Biólogo não falece, tem morte histológica.
Biólogo não se desprende do espírito, transforma sua energia.
Biólogo não deixa filhos, apresenta sucesso reprodutivo.
Biólogo não deixa herança, deixa pool gênico.
Biólogo não tem inventário, tem hereditário.
Biólogo não deixa herdeiros ricos, pois seu valor é por peso vivo.




Parabéns a todos os profissionais que, como EU, 
estabelecem relações entre ciência, tecnologia e sociedade!!

VALEU!!
BIObjs - PROFE E BIÓLOGA LÚ